Inovar - Acesso

Europa positiva: melhor avaliação, + escola

Clube de Robótica

Blog do Clube Europeu

Projeto Llave Maestra: Abrir Puertas, Derribar Murallas

Projeto Atrévete a Emprender

Blog ERASMUS+

Plano de Emergência

Instruções Gerais

Versão para impressão PDF

 

PLANO DE EMERGÊNCIA

INSTRUÇÕES GERAIS

 

 

  • Instruções Gerais
  1. Se houver uma situação de emergência na Escola ela dispõe do seguinte alarme acústico para aviso de evacuação: 3 toques de campainha, interrompidos por pausas.
  2. É à Direção da Escola que compete decidir sobre a evacuação total ou parcial das instalações.
  3. A coordenação da evacuação das turmas é feita pelo professor e um aluno nomeado para o efeito e designado CHEFE DE FILA (auxiliar de evacuação). Em caso de evacuação, este segue à frente da turma, enquanto o professor é o último a sair, por forma a socorrer algum aluno que precise e a certificar-se de que não fica ninguém na sala.
  4. Ao ser determinada a evacuação das instalações, não se preocupe com o material escolar, siga rigorosamente as normas de evacuação.
  5. Os alunos devem sair da sala em fila indiana, sem corridas, mas em passo apressado, seguindo as setas de saída, as instruções dos coordenadores de evacuação e dos sinaleiros e que ocupam os locais estratégicos (pontos críticos), conforme previamente definido.
  6. Não pare nunca nas portas de saída. Estas devem estar completamente abertas e livres. Cabe aos funcionários, previamente designados, a abertura completa das portas. No entanto, alunos, professores e funcionários devem saber abrir completamente as portas para qualquer eventualidade na falta dos funcionários que têm essa função.
  7. Se tiver que utilizar as escadas, respeite a ordem previamente definida para o acesso ao corredor de escada previamente atribuído à sua turma e mantenha-se integrado na fila. Não volte atrás.
  8. Compete ao professor manter a ordem no ponto de reunião previamente definido para cada turma e proceder à conferência dos alunos, pelo que estes não devem abandonar o local sob qualquer pretexto e sem a devida autorização.
  9. O regresso à normalidade é definido exclusivamente pela Direção da Escola que informará pelos meios que considere convenientes.
  10. Se, numa situação de emergência, se encontrar isolado, verifique se não há perigo de deixar o local onde se encontra. Siga as setas de indicação de saída e dirija-se para o ponto de reunião previamente estipulado. Caso não consiga sair, lembre-se que deve sempre assinalar a sua presença.

 

  • Esta e outras informações estão disponíveis no fim dos livros de ponto

Controlo de Alunos

Versão para impressão PDF

 

 Plano de Emergência


Evacuação Urgente de Escola

 

  • Controlo dos Alunos
  • Na situação de evacuação urgente dos edifícios escolares, no momento e no local da concentração, é necessário exercer o controlo de quem está e não está, a fim de desencadear, se necessário, uma acção de salvamento pelos meios de socorro externo (bombeiros) a alguém em situação crítica.
  • Assim, caberá a cada professor que enquadra uma turma exercer o referido controlo nessa turma. Para isso, deverá, logo que se encontre com a turma na respetiva zona de concentração, verificar as presenças dos alunos e registar, no impresso que está disponível no fim de todos os livros de ponto, os alunos que estão a faltar na zona de concentração.
  • Convirá conhecer a situação dos alunos a faltar na zona de concentração. Por isso, na folha de registo das faltas indicam-se várias situações possíveis:
    1.    Alunos a faltar todo o dia;
    2.    Alunos a faltar só a um tempo (falta intercalar);
    3.    Alunos que não faltaram à aula mas faltam na zona de concentração.
  • Mesmo em relação aos alunos a faltar todo o dia, convirá que o professor averigúe junto dos outros alunos se há notícia da presença deles na Escola.
  • Os alunos que não se encontram em sala de aula, numa situação de emergência devem concentrar-se na zona reservada à sua turma.
  • Pede-se pois ao Professor que registe a falta dos alunos no impresso, marcando com uma cruz (X), à frente do nome do aluno, a coluna correspondente à situação constatada.
  • Este procedimento (marcação das faltas) deverá ser rápido, a fim de disponibilizar o “impresso de registo de faltas” que o Professor deverá entregar a um elemento que percorrerá as várias zonas de concentração das turmas.
  • O Professor e a Turma devem permanecer na respetiva zona de concentração, de forma organizada, até que a Direção Executiva dê indicação para regressar às salas ou “destroçar”.

 

  • Esta e outras informações estão disponíveis no fim dos livros de ponto!

 

© 2009 Agrupamento de Escolas José Relvas - Alpiarça
Powered by Joomla! | Ficha Técnica